Canadá LGBT+ (Foto Ilustrativa)
Canadá LGBT+ (Foto Ilustrativa)

O governo federal do Canadá apresentou nesta segunda-feira (9), um projeto que visa criminalizar as terapias de conversão, a famosa “cura gay”, no território do nacional.

“A terapia de conversão é uma prática cruel, que pode levar a traumas ao longo da vida, principalmente para jovens”, disse o ministro da Justiça e procurador-geral do Canadá, David Lametti.

A nova lei considera ilegal submeter uma pessoa à terapia ou até mesmo retirar um menor de idade do país, com objetivo de submetê-lo à prática em outra região. Além disso, anúncios publicitários também serão proibidos.


A norma acaba tem se tornado destaque no país logo após reeleição do do primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau. No último ano o político utilizou o assunto como uma de suas principais plataformas de campanha.

Caso seja aprovada, o Canadá vai se juntar ao Brasil, Equador e Malta, ao se tornar o quarto país do mundo a proibir nacionalmente a prática considerada abusiva contra pessoas LGBTQ+.

Vale lembrar que as terapias de conversão têm sido amplamente discutida nos últimos anos em todo o mundo. Nos Estados Unidos, por exemplo, diversos estados têm se mobilizado para construir leis sobre o tema.