Justiça LGBT+ (Foto Ilustrativa)
Justiça LGBT+ (Foto Ilustrativa)

A Suíça aprovou neste domingo (9), através de um referendo, uma lei que proíbe a discriminação fundamentada na orientação sexual em todo o território do país. Foram registrados 62% dos votos.

Em discussão desde o ano de 2018, a lei, que antes era apenas restrita à discriminação e ódio racial ou religioso, foi ampliada e agora luta contra toda discriminação à comunidade LGBTQ+.

A ação foi altamente criticada pelos setores mais conservadores do país, que enxergam a nova norma como uma espécie de censura, que iria impedir a “liberdade de expressão, consciência e comércio”.


A lei aprovada na Suíça se parece bastante com a brasileira, que foi aprovada em junho de 2019 pelo Superior Tribunal Federal. Aqui no Brasil, caso seja comprovado o crime de LGBTfobia, o indivíduo pode pegar até três anos de prisão.