O casal Giovanny Vareles e Borys Álvarez se tornaram nesta quinta-feira (25) o primeiro casal de homens a oficializarem o casamento no Equador. Na última semana foi a vez de um casal de mulheres lésbicas.

Vestidos à caráter, com ternos e uma flor delicada na lapela, Vareles, de 29 anos, e Álvarez, de 31, se casaram no Registro Civil de Guayaquil (sudoeste). “Estamos felizes, mas um pouco nervosos, sim”, disse Vareles à agência AFP.

Apesar da felicidade de realizar um sonho, o casal registrou o casamento a contra gosto da família. “Sabiam da minha orientação sexual, já sabiam há mais de dez anos, mas minhas relações sempre foram discretas. Nesta ocasião, já tornei pública, então não gostaram“, contou Vareles.


A oficialização do casamento entre pessoas do mesmo sexo aconteceu no início de junho. No julgamento, cinco juízes votaram a favor e quatro, contra. Equador é um dos últimos países da América Latina a liberar o casamento LGBT+.