Bandeira LGBT
Bandeira LGBT (FOTO: Reprodução)

Duas mulheres lésbicas foram as primeiras pessoas LGBTs a oficializarem o casamento, no Equador. A cerimônia aconteceu nesta quinta-feira (18), na cidade de Guayaquil (sudoeste), na sede do registro civil.

Logo após o anúncio da liberação do casamento entre pessoas do mesmo sexo, Alexandra Chávez, de 41 anos, e Michelle Avilés, de 23, se inscreveram para fazer o casamento, mas não imaginavam que seriam as primeiras do país.

“Eu me sinto mais amparada pelas leis. (…) Nós duas não fazemos mal a ninguém, não tiramos nada de ninguém e temos uma vida normal”, declarou à agência AFP, Michelle, após assinar sua certidão de casamento.


Dos grandes países da América Latina, apenas Cuba não reconhece a união entre pessoas do mesmo. Argentina, Brasil, Colômbia, Costa Rica e Uruguai, além de algumas localidades no México, autorizam o casamento civil entre LGBTs.