Mulher trans é assassinada por motorista e polícia mata assassino da vítima após troca de tiros

O crime ocorreu na Rua Cabo Verde, esquina com a Avenida Leste Oeste, e foi flagrado por câmeras instaladas no local

Publicado em 3/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na madrugada da última quarta-feira (30), uma mulher transexual foi vítima de assassinato nas ruas de Londrina, no Paraná. O crime ocorreu na Rua Cabo Verde, esquina com a Avenida Leste Oeste, e foi flagrado por câmeras instaladas no local. De acordo com a polícia, o assassino teria fugido do local, mas foi morto em uma troca de tiros com a PM.

A vítima, identificada como Natasha Galvão, de 26 anos, é chamada por um veículo que se aproxima dela para conversar, e em seguida acontecem os disparos. O motorista foge do local e acontece as trocas de tiros com a polícia. “O que sabemos é que Natasha estava no local junto com uma travesti, foi chamada por esse motorista e depois baleada. Ainda é prematuro afirmar o que motivou, vamos investigar todas as possibilidades. Pode ser crime de ódio, homicídio ou feminicídio”, disse João Batista dos Reis, delegado-chefe de Homicídios de Londrina, ao G1.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ainda de acordo com o portal de notícias, testemunhas do crime, amigos e familiares, tanto da transexual quanto do suspeito do crime, devem ser ouvidos pela delegacia a partir de segunda-feira (5). Natasha Galvão foi sepultada no cemitério Jardim da Saudade, em Londrina, na tarde de quinta-feira (1).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

G Store

PULLOVER LOVE WINS

Moletom com capuz 3D de manga comprida

Comprar

CHINELO PRIDE

Comprar

MOCHILA PRIDE BRASIL

Comprar

TÊNIS RAINBOW STYLE

Comprar

SUNGA SUMMER PRIDE FORMAS BLACK

Comprar