Moffie
Moffie - Filme - Foto: reprodução

Dirigido por Oliver Hermanu (Beleza e Rio sem Fim), o drama histórico Moffie conta a história da minoria branca da África do Sul que foi recrutada e treinada como soldados para defender o regime do apartheid no início dos anos 80.

Uma adaptação do romance autobiográfico de André Carl van der Merwe, Moffie se concentra no personagem Nicholas Van der Swart, interpretado pela estrela em ascensão Kai Luke Brummer, um jovem fechado que é convocado para o exército sul-africano.

Devido à visão anti-gay do país, Nicholas é forçado a esconder sua identidade queer de seus companheiros soldados, portanto ele logo se vê em perigo depois de desenvolver um relacionamento íntimo com o colega recruta, Stassen (Ryan de Villiers).


O filme, que recebeu o nome de uma ofensa gay depreciativa comumente usada na África do Sul, estreou no Festival Internacional de Cinema de Veneza em 2019 com ampla aceitação da crítica, com a Variety chamando de “assustadoramente brilhante” e “obra-prima”.

O The Guardian elogiou a direção de Hermanu, dizendo que “ele pode voltar sua atenção para o sadismo visceral da Força de Defesa Nacional da África do Sul, criticando o número emocional e físico de um regime tão tóxico”.

Em uma crítica de quatro estrelas, o The Telegraph disse que o filme “faz um trabalho ponderado, empático e poderoso de explorar a homofobia como parte de uma mentalidade de raiz na psique patriarcal branca da África do Sul”.

Moffie estava programado para ser lançado este ano, mas devido a preocupações crescentes com a pandemia de coronavírus, foi lançado somente no Curzon Home Cinema por 11,99 libras (desconto disponível para os membros).