Modelo trans, Ariana Paes, acusa emissora de TV de transfobia: “Aqui quem manda é a gente”

Emissora de Manaus teria impedido apresentadora trans de usar banheiro feminino

Publicado em 10/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A criadora de conteúdo e modelo trans Ariana Paes, teria passado por um constrangimento na emissora em que foi convidada para ser apresentadora. Segundo ela, uma TV de Manaus teria cometido transfobia ao impedi-la de usar o banheiro feminino.

Fui convidada pra ser apresentadora de um programa voltado pro público gay e lá na empresa sofri transfobia por não poder usar o banheiro feminino!”, escreveu ela, na legenda do vídeo publicado em seu Instagram ontem.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em vídeo, Ariana conta que,

ao apresentar o programa, ela recebia convidados variados. No entanto, quando drags foram chamadas, ela escutou que algumas pessoas não estavam gostando do fato das convidadas usarem o banheiro feminino. Isso por si só já indignou a modelo.

Em uma reunião com a emissora, a modelo relata que foi proibida de usar o banheiro feminino. “Antes do programa que iria ser gravado hoje, rolou uma reunião onde o assunto era, que eu não iria mais poder usar o banheiro femenino!!!!”, desabafou ela. Em outro vídeo, Ariana aparece conversando com outro integrante da emissora que diz que ela poderia usar o banheiro feminino apenas se tivesse o nome atual em seu documento.

O Observatório G tentou contato com a TV Maskate de Manaus para ouvir algum pronunciamento, até o momento não fomos respondidos. Caso algum responsável responda a nossa mensagem, atualizaremos a matéria.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio