Swen Zin-Foto-Divulgação

Uma das candidatas do concurso Miss Universo 2019, falou de sua homossexualidade dias antes da final, de acordo com o Estadão, o que aconteceu neste último domingo, 8 de dezembro. Diante da história do concurso, Swe Zin Htet candidata pelo país da Ásia Mianmar, foi a primeira a assumir publicamente sobre sua homossexualidade.

A concorrente declarou para a revista People: “Eu tenho uma plataforma que, quando eu digo que sou lésbica, terei um grande impacto na comunidade LGBTQI+ no meu país” – disse.

Ainda continuou: “a dificuldade é que lá (Mianmar) as pessoas não são aceitas. Elas são alvo de preconceitos de outras e são discriminalizadas”, desabafou Swe.


Aos seus 21 anos, Htet falou que essa decisão de tornar pública sua orientação é um novo ciclo: “é como se eu tivesse iniciando um novo capítulo da minha vida.”, esclareceu.

A concorrente disse também que descobriu seu interesse por mulheres em sua adolescência, e que foi difícil se aceitar assim como a aceitação de seus pais, mas com o tempo isso mudou e a condição é aceita pelas duas partes.