Ministra Damares Alves (Foto: Reprodução)
Ministra Damares Alves (Foto: Reprodução)

A ministra de direitos Humanas, a polêmica Damares Alves, está com mais uma meta definida. Dessa vez, ela está decidida a gastar o dinheiro público para uma campanha relacionada a diminuição das ISts e evitar gravidez.

De acordo com a Veja, as inspirações para a campanha de Damares, seriam de campanhas evangélicas como “Eu escolhi esperar”, e provavelmente aplicada no próximo mês desse ano.

Recentemente a ministra deu uma declaração sobre as minorias. “Em relação à população LGBT: fizemos uma discussão sobre qual é a prioridade do segmento. Enfrentamento à violência. Então vamos priorizar isso. Como estão os membros da comunidade na região ribeirinha? Vamos pegar um barquinho e vamos lá na comunidade ribeirinha saber como está o menino gay, disse Damares.


“Descobrimos que a política pública não chegou para as minorias. Cadê os gays indígenas? Onde estão as meninas lésbicas indígenas? Por que não se falou nisso no Brasil?. Nós descobrimos que eles são hostilizados em algumas comunidades e precisamos cuidar“, finalizou a famosa.