transmilitar
Ministério da índia revelou que transexuais poderão ingressar nas forças armadas (Foto: Reprodução)

O ministério da Índia, acaba de anunciar que a população de pessoas transexuais, estão liberadas à ingressarem nas forças amadas, à quem tiver vontade. A proposta conta com o foco de ampliar novas oportunidades de empregos.

Para cumprir os requisitos, os candidatos passarão por um exame anual, do serviço civil, segundo o site Pheeno. A novidade é ligada a medida que segue a Lei das Proteção de Direitos de Pessoas Transgêneros da Índia.

Algumas opiniões de comandantes foram feitas à TV News da Índia, e compararam tudo positivamente. “Se uma pessoa de qualquer sexo tem o que chamamos de ‘qualidades de oficial’, elas podem se juntar aos CAPFs apenas com esse mérito. Além disso, todos os aspirantes precisam passar por testes médicos, mentais e físicos específicos para serem recrutados como oficiais em combate para liderar suas tropas”, concluiu um, que não teve a sua identidade revelada.


Ainda sobre a população de pessoas transexuais, é válido lembrar que no Ceará, o vereador Camilo, montou um projeto que ampliará a empregabilidade de pessoas transexuais, e o reconhecimento das mesmas, em diversas profissões.

“Sua vulnerabilidade decorre de preconceitos estruturais enraizados nos valores cis-heteronormativos. Aquelas que destoam de expressões de gênero normatizadas são lançadas à margem e à negação de direitos”, disse o político.