Pesquisa aponta situação da comunidade LGBT no mercado de trabalho

O caminho no mundo corporativo ainda é muito longo para se tornar totalmente inclusivo

Publicado em 25/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

É preciso reafirmar direitos LGBTs recorrentemente. A acessibilidade da diversidade no mercado de trabalho, sobretudo para pessoas trans, ainda é marcada por muitos percalços.
Se conseguir emprego em plena pandemia já está difícil, imagine para o pulico LGBTQIA+. Opressão, humilhação e preconceito e a gente sabe como termina quando começa desse jeito”. Esta triste constatação é apontada pelo artista e influenciador Daylon Martineli.

Todos os anos a Accenture cria um estudo sobre diversidade que traz à tona o desafio da comunidade no mundo corporativo. Segundo levantamento, 36% das pessoas brasileiras LGBT+ responderam ser “muito abertos” quanto à sua orientação sexual ou identidade de gênero no ambiente de trabalho.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Apenas 14% dos funcionários em todo o mundo se sentem completamente apoiados por seus chefes nas discussões sobre melhorias das condições de desigualdade e da receptividade a pessoas LGBT.

A inserção da diversidade no mercado muitas vezes é cenário de coibição e preconceito. Isto é, o tema deve sempre vir à tona, de modo que as empresas entendam a necessidade de ações para corroborar a inclusão e o respeito integral.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

G Store

MOLETOM PRIDE BRASIL

Comprar

SUNGA COLORS

Comprar

CAMISETA PRIDE HEART - LONG

Comprar

BONÉ PRIDE HEART

Comprar

MOCHILA PRIDE BRASIL

Comprar