“Me chame pelo meu nome” Centro LGBT lança campanha para garantir direito ao nome social

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Salvador, o Centro de Promoção e Defesa dos Direitos LGBT da Bahia (CPDD-LGBT) lança na sexta-feira (5) uma campanha intitulada: “Me chame pelo meu nome: Nome social é direito garantido”. O intento é disseminar a diversidade e incentivar a importância de o sujeito ser chamado pelo nome escolhido.

“Estou muito feliz e seguro, pois passei por muitos constrangimentos pela falta do documento com meu nome. Era doloroso chegar aos lugares e ser chamado pelo meu nome civil. Hoje, eu sou Tailon. Isso me deixa muito feliz e certo de que não irei sofrer nenhum ato de transfobia por esse motivo”, celebra Tailon Alessandro, homem trans, 23 anos e modelo da campanha.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

 “Não é apenas a troca do nome, é muito além, é a conquista da liberdade da transfobia, a autoestima e, principalmente, um direito garantido. Vamos fortalecer ainda mais a nossa rede para atender e fazer esse processo com o maior número possível de pessoas que buscam nossa equipe técnica. Vamos mudar essa realidade”, afirma Renildo Barbosa, coordenador do Centro e integrante da Instituição Beneficente Conceição Macedo (IBCM).

O CPDD-LGBT tem WhatsApp exclusivo para atendimento, triagem e encaminhamento para o corpo técnico, por meio do número (71) 9 9606-5505, das 8h às 17h, de segunda à sexta-feira.

Campanha
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio