MariMoon reflete sobre aceitação da bissexualidade: “Não caminharam tanto”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A apresentadora MariMoon abordou sobre o tema da bissexualidade, presente na edição do “BBB 21“. Ela recorreu às suas redes sociais na última terça-feira (9), e fez uma reflexão de como o assunto é discutido nos dias de hoje, ao se deparar com julgamentos quando os participantes Gilberto e Lucas Penteado se beijam em rede nacional.

Na publicação, ela revela que se assumiu há 18 anos e que na época, se sentiu segura por ter o apoio da família. No entanto, faz uma reflexão sobre como o assunto é visto hoje em dia e acredita que as pessoas precisam evoluir para aceitação sobre a bissexualidade.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Através do perfil oficial no Instagram, MariMoon revelou que se sente surpresa ao descobrir que ainda existe preconceito sobre ser uma pessoa bissexual. A ex-VJ da MTV começa falando que se assumiu bissexual em 2013, em entrevista à revista VIP.

A primeira vez q me assumi bissexual pro “mundo” foi em 2003 numa matéria da revista VIP. Nessa época eu já tava chamando atenção no fotolog antes mesmo da palavra “influencer” virar oq é hj. Era tudo mato mesmo! Tive muita sorte de crescer numa família cheia de diversidade e respeito. Cresci tão acostumada que me assustei qdo descobri que fora da minha bolha era diferente. E entendi que falar disso publicamente poderia causar uma influência positiva e quem sabe ajudar um pouquinho a mudar essa mentalidade antiquada que ainda questiona a sexualidade alheia“, escreve.

Ainda no post, MariMoon revela surpresa em ver que mesmo após anos, ainda existe um preconceito grande sobre o assunto. “Me surpreende e me entristece saber que em 2021 (meldels já) as coisas ainda não caminharam tanto. Mas ao mesmo tempo sinto / torço para que justamente essa bagunça toda gere uma mudança maior no inconsciente coletivo. Quem sabe agora vai?“, disse. Ao final, ela dá uma cutucada, dizendo que cada um deve cuidar da sua escolha. “Fecho esse post repetindo oq eu postei no Twitter: a sexualidade de cada um é assunto de cada um, então foca na sua e chega de fiscalizar o vizinho“.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio