Marido de Paulo Gustavo se pronuncia após piora do ator: “Vivendo dias difíceis”

Ator está internado com Covid-19 desde o dia 13 de março

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Thales Bretas, marido de Paulo Gustavo, resolveu se pronunciar nas redes sociais após a assessoria do humorista informar uma piora no estado de saúde do ator, que encontra-se internado com Covid-19 desde o dia 13 de março. De acordo com as informações, o intérprete de Dona Hermínia, teve uma piora em sua função pulmonar.

Após o anúncio, Thales Bretas resolveu esclarecer nas redes sociais e falar sobre o estado de saúde do marido. “Estou vivendo dias difíceis… optando por ficar recluso, sem expor dores ou dificuldades na internet. Vivendo um momento particular da minha família, que ainda não sei o por quê mas no futuro espero entender. E sempre com muita fé, muito pensamento positivo pra ter o amor da minha vida ao meu lado novamente […]” iniciou o marido de Paulo Gustavo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ele também pede desculpas por não estar tão disponível nas redes sociais, mas espera que as pessoas continuem rezando pela melhora do ator. “Peço desculpas pela ausência, pelos pacientes que aguardam meu retorno, e até pelos amigos que não tenho conseguido responder. Espero que entendam e continuem torcendo e rezando fervorosamente pela recuperação dele e de todos que sofrem com essa infecção tão sorrateira. Prefiro me manter mais recolhido poupando minhas energias todas pra cura dele!“, escreveu.

Na imagem publicada na rede social do Instagram, o marido de Paulo Gustavo aproveitou para compartilhar uma foto do ator com os dois filhos do casal, Gael e Romeu.

Na noite da última sexta-feira (2), a assessoria do ator informou uma piora no estado de saúde após sua internação por conta de complicações da COVID-19. De acordo com a assessoria de imprensa do artista, houve uma piora em sua função pulmonar. O comunicado diz que o artista passou por “reajustes terapêuticos” e que devido ao agravamento de seu quadro clínico, precisou evoluir para uma terapia por ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio