Margareth Menezes
Margareth Menezes (Foto: Divulgação)

A cantora e compositora brasileira Margareth Menezes, vem falando com autoridade sobre a “máquina do privilégio”, como ela mesma define as oportunidades oferecidas a artistas brancos.

Durante conversa para o programa no YouTube “Papo de música”, apresentado pela jornalista Fabiane Pereira, ela comentou a repercussão de uma live entre Taís Araújo e Ivete Sangalo, onde para questionar o privilégio de uma pessoa branca, Taís alfinetou Ivete. “Por que Margareth não é tão gigante como você?”, perguntou Taís, deixando a cantora baiana desconcertada.

Agora, chegou a vez de Margareth Menezes, de 57 anos, dar a sua opinião. “Existe um sistema. Isso não está no domínio da Ivete Sangalo em si, que é talentosíssima. O que se questiona é o próprio sistema que nos invisibiliza . É a máquina do privilégio. Por que um artista branco cantando faz sucesso e a mesma música cantada pelo bloco afro não faz?”, refletiu a artista sobre o assunto.