Manifestação toma conta de shopping de Maceió após ato de transfobia

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Centenas de pessoas participaram de um protesto neste sábado (4), contra transfobia, em Maceió. O caso acorreu logo após seguranças do Shopping Pátio impedirem uma transexual de usar o banheiro feminino.

“O que eu fiz para me impedirem? Nada! Não desrespeitei ninguém e nem vou desrespeitar. Mas eu sei que a lei abrange muitas coisas e a gente tem, sim, que lutar pelo que é nosso direito conquistado. Chega de ser leigo”, disse a transexual Lanna Hellen, no mesmo lugar onde foi arrastada por seguranças.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O caso envolvendo a transexual e os trabalhadores do shopping ocorreu na última sexta-feira (3). O ato de transfobia tomou conta das redes sociais após a cantora Danny Bond dar visibilidade ao assunto.

Após ser chamada por um segurança de “macho” e não de mulher, a moça tentou se defender protestando em meio a praça de alimentação, exigindo respeito. No entanto, foi impedida e arrastada para fora do estabelecimento.

Questionado sobre o ocorrido pelo site Revista Fórum, o shopping “informou que a mulher não foi impedida de usar o banheiro e que a ação dos seguranças foi necessária para garantir a segurança dela e das demais pessoas presentes”.

Lembrando que desde junho do ano passado a discriminação por conta da sexualidade, é considerado crime no Brasil. Caso seja avaliado pela justiça, o criminoso pode ter pena de até três anos de prisão.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio