Malvino Salvador
Malvino Salvador (Reprodução)

O ator da TV Globo, Malvino Salvador, de 44 anos, relembrou nesta semana o seu papel em “A Dona do Pedaço”, de Walcyr Carrasco, onde interpretava um empresário gay ganancioso.

Para Malvino, o personagem Agno representou uma grande mudança em sua carreira, já que estava acostumado a só fazer papéis de galãs e ‘garanhão’. “Saí do estereótipo e foi excelente para mim entrar em um universo completamente diferente do que estava acostumado. O barato do ator é justamente viver essas inúmeras vidas”, explicou o artista ao site Notícias da TV.

O ator também falou sobre a rejeição de Cássia (Mel Maia) na história de Carrasco, ao descobrir que o pai era homossexual. “Ela aos poucos acabou cedendo ao amor. Nós fizemos tantas cenas bonitas, acho que fizemos a diferença para as pessoas da vida real que se inspiraram por aquela história”, disse.


Por fim, Malvino frisou sobre a masculinidade tóxica e homens que se permitem dar afeto aos filhos. “Novos conceitos vão aparecendo, e o mundo sempre está em transformação. O importante é saber educar, porque quem não cobra os seus filhos está criando monstros”, avaliou.