Maisa Silva (Foto: Reprodução/ Instagram)
Maisa Silva (Foto: Reprodução/ Instagram)

Maisa Silva acabou se metendo em uma polêmica sobre transfobia nesta terça-feira (28), após tentar ajudar a comunidade trans em um caso de feminicídio.

A polêmica se iniciou após Maisa se comover com a história de assassinato de uma mulher trans, que ocorreu nos últimos dias. Em sua publicação, a estrela teen pediu para os órgãos prestarem mais atenção nestes homicídios.

“Visibilidade trans. Eles existem, eles resistem”, escreveu a apresentadora do SBT, ao retweetar a publicação sobre o assassinato. Apesar da boa intenção, internautas criticaram o uso do pronome “eles”.


Sempre muito atenta aos comentários, Maisa pediu desculpas por se referir às mulheres trans desta forma e se explicou, afirmando que acreditava que esta seria o melhor termo para se falar da comunidade.

“Falam que elx não é acessível por conta das pessoas q tem dislexia! Então coloquei eles para dizer todo mundo mesmo, assim como falamos o ‘homem’ para ser humano etc”, disse a jovem.

“Só tentei ajudar e dar visibilidade para uma causa, não quis chatear ninguém… estou disposta a aprender. Não quis ofender ninguém”, completou ela, que também recebeu apoio de fãs compreensivos.