Curdin Orlik (Reprodução/Instagram)
Curdin Orlik (Reprodução/Instagram)

O lutador suíço Curdin Orlik, 27 anos, surpreendeu a Suíça nesta semana e revelou ser gay. Orlik se tornou o primeiro esportista do país a revelar ser LGBTQ+.

Durante uma entrevista para a revista The Magazine, o esportista comentou sobre a dificuldade de crescer sabendo que era uma pessoa LGBT. Orlik afirmou que sabe de sua orientação desde os 12 anos.

“Por tempo demais eu ignorei quem sou”, disse o lutador, que é um dos principais do país em sua área. Além disso, ele ainda falou sobre a experiência de ter passado por bullying homofóbico na infância.


“Ouvia coisas na escola como ‘seu porco gay’, ‘sua bicha’. Ou, no futebol, ‘que passe de gay!’. Até mesmo na luta. Ninguém sabia realmente o que aquilo significava, mas se você é gay, pensa, ‘Que merda, isso não é bom’”, disse.

Nesta semana quem também revelou ser gay foi o jogador de basquete argentino Sebastián Vega. O atleta se tornou o primeiro atleta da Liga Nacional da Argentina a se assumir publicamente ser uma pessoa LGBTQ+. Em seu post no Twitter, ele desabafou: “A verdade nos liberta!”.