Luísa Sonza faz críticas ao governo Bolsonaro e desabafa: “Ver o Brasil nesse estado é desesperador”

Cantora fez um longo desabafo nas redes criticando o governo Bolsonaro

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A cantora Luísa Sonza, de 22 anos, fez um longo desabafo nas redes sociais criticando o governo Bolsonaro sobre a atuação situação do Brasil em meio a tantas mortes devido a pandemia da Covid-19. No Twitter, a famosa mostrou indignação com as tantas mortes que ainda continuam no país. 

Todo dia é um esforço imenso pra ter vontade de abrir um sorriso e seguir trabalhando e fazendo as coisas, como seguir vivendo tanta gente morrendo nesse país por causa do descaso de um governo genocida?“, escreveu ela. O post foi publicado na madrugada desta segunda-feira (10), onde, ela resume seu desabafo ao atual governo. “Tá tudo uma merda. Ver o Brasil nesse estado é desesperador“. 

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No desabafo, ela também cita o lamento em relação a morte de Paulo Gustavo, que ocorreu na última terça-feira (4): “Sério, eu tô com tanta raiva. Tanta tristeza. Não consigo parar de pensar no Paulo, e em todas as vidas que perdemos por um vírus que tem vacina. Todas essas mortes poderiam ter sido evitadas se tivéssemos um governo minimamente decente“. 

“Deus, por favor, ajuda a gente, ajuda o Brasil, ajuda o brasileiro! Ninguém aguenta mais! Tá triste demais ver um país tão incrível como o Brasil, com tanta riqueza e beleza nas mãos de um governo como esse. Torço e espero do fundo do meu coração que venham dias melhores pra esse país que amo tanto. Enfim, eu tô na merda. Tô com raiva. Tô cansada“, completou ela. 

Por último, ela pediu que as pessoas não sentissem ódio ao próximo. “Só tô desabafando. Mas ódio nunca resolve porra nenhuma. Nunca. Não odeie. Ódio é o mal do mundo. Quanto menos a gente sentir, melhor. Mas nesse momento eu tô com muito ódio dessa porra desse governo, vai se foder”. “E por último: acredito muito que o ódio nunca resolve nada. Que odiar alguém nunca é a solução, independente de qualquer coisa. Porém, nesse momento eu preciso desabafar sobre uma coisa que é: Bolsonaro, eu te odeio“, encerrou ela. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio