Luisa Marilac revela que produção do “Superpop” queria que ela tirasse Agnaldo Timóteo do armário

Ativista se negou a fazer o que a produção do programa de Luciana Gimenez teria ordenado

Publicado em 10/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A influenciadora Luisa Marilac, conhecida internacionalmente pelo meme “Vocês achavam que eu estava na pior?”, fez uma revelação sobre a sua participação no programa ‘Superpop’, da RedeTV!, no qual Agnaldo Timóteo, morto em decorrência das complicações da COVID-19, foi um dos convidados. Em entrevista para a coluna de Leo Dias, a ativista conta que a produção de Luciana Gimenez teria pedido para que ela tirasse Timóteo do armário, o que lhe deixou revoltada, na época.

“Em um dos programas, a produção falou para mim o seguinte: ‘Você tem que falar que o Agnaldo Timóteo é viado’. Estava eu e Felipeh Campos. Eu falei que não ia falar, porque quem tinha que se assumir era ele. Acabou que o Felipeh falou e o Agnaldo negou”, conta. O programa foi exibido em 2011 e Felipeh Campos acabou afirmando que o cantor era homossexual.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Luisa também explicou que é comum produtores de programas de TV dizerem o que os convidados devem falar no ar. “Então, existe, sim, essa orientação da produção do que você tem que falar. Acredito no Ronaldo Ésper. Acabou que no livro dele, o Agnaldo assumiu ser gay, no final das contas. Mas não cabia a mim tirar ele do armário. Ninguém tem que obrigar ninguém a sair do armário, nem por mídia”, diz. 

Por fim, a influenciadora declara que nunca teve problemas com Luciana Gimenez, já que ela sempre a recepcionou muito bem em seus programas. “Nunca tive problemas com a Luciana, sempre foi simpática e me tratou bem”, finaliza.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio