Ludmilla (Reprodução/Instagram)
Ludmilla (Reprodução/Instagram)

No último sábado (14), a cantora Ludmilla participou do programa ‘Altas Horas’, da TV Globo, e falou sobre racismo. A intérprete de ‘Rainha da Favela’ relembrou casos pessoais que já viveu e revelou sobre o apoio que recebeu de Alcione em um desses episódios.

A funkeira iniciou falando sobre os ataques diários que recebe na internet: “Eu sofro esses ataques racistas desde quando comecei a cantar, só que de uns tempos pra cá foi ficando muito forte e eu já tava meio que me sentindo sozinha”, contou.

Lud ainda revelou que já recebeu o apoio de Alcione em um desses episódios. “E quando chegou a Marrom [Alcione], que é uma referência pra mim, uma inspiração, e me defendeu igual uma leoa sabe, igual uma mãe defende seu filho. Eu me senti super protegida e apoiada e protegida, fez toda a diferença pra mim.”


Ainda no Altas Horas, Lud relembrou sobre um caso de racismo que viveu ao pegar um avião de primeira classe. “Tinha uma senhora branca sentada, ela virou e falou: ‘tem certeza que o seu lugar é aqui?’. Na inocência, olhei de novo [o cartão de embarque] e disse que sim. Ela fez, ‘ahh’, levantou e foi em direção ao comissário.”