Lucas Guimarães sobre família: “Preferia filho morto do que gay”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em entrevista ao Léo Dias, Lucas Guimarães, marido de Carlinhos Maia, discorreu sobre planos vindouros, desejos, sua relação com o marido e seu relacionamento com a família. Segundo ele, exteriorizar sua orientação sexual para seus familiares trouxe o sentimento de culpa e motivos para desistir.

“Para ser sincero, a minha família me deu muito mais motivos para desistir do que para continuar. Para desistir de tudo. Tinha dias, no início do nosso relacionamento, que falavam para mim: “Eu prefiro ter um filho no caixão do que um filho gay”. Eu tinha tios que diziam: ‘Eu prefiro ter dez filhas prostitutas do que ter um filho gay’”, começou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Hoje falo para que não façam com os outros o que fizeram comigo um dia. Hoje, esse preconceito que eles tinham, eles podem ter dentro deles ainda. Infelizmente, é muito difícil falar isso, é como se o que você proporciona fosse muito maior do que qualquer outra coisa, então, tudo bem.’, continuou.

“Continuo achando que o correto é não ser gay, que Deus não perdoa, porém, o que ele faz por mim é maior do que qualquer outra coisa. Entendeu o que eu quis dizer? Foi a parte mais triste”, finalizou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio