Lideranças conservadoras repudiam apoio à homofobia

Político disse que frase não representa o movimento conservador

Publicado em 10/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Rondonópolis, município brasileiro do estado de Mato Grosso, o empresário e prefeito pelo partido Democracia Cristã, Cláudio Ferreira – o ‘Cláudio Paisagista’-, e a empresária Tânia Balbinotti criticaram na segunda-feira (07) a declaração de apoio à homofobia, que derivou do  ‘Movimento Conservador de Rondonópolis’, conforme o Agora MT.

O assunto ganhou corpo após a frase ‘Ser homofóbico é uma escolha. Ser gay também’, repercutiu depois de vários rondonopolitanos surgirem empunhando cartazes com tais dizeres. Nesse sentido, o político se manifestou em repúdio ao ato.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Isso não tem nada a ver com o movimento conservador. Na verdade trata-se de um grupo político, que inclusive disputou as eleições em Rondonópolis e teve um resultado pífio”, disse Cláudio Ferreira.

“Essas pessoas não têm legitimidade pra falar em nome dos conservadores que, na sua grande maioria, são cristãos. Os cristãos não são contra gays, os cristãos são contra a ideologia de gênero. Nem o conservadorismo ou Evangelho amparam ninguém a ser homofóbico ou atuar preconceituosamente contra negros, judeus, mulheres, e por aí vai”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio