Lena Katina e Julia Volkova nos tempos de t.A.T.u. — Foto: Divulgação
Lena Katina e Julia Volkova nos tempos de t.A.T.u. — Foto: Divulgação

A banda t.A.t.U marcou a adolescência de muita gente com seus hits explosivos All about us, Not gonna get us, All the things she said e muitos outros. Os clipes e letras provocativos traziam, já naquela época, uma pegada bem revolucionária, propícia para o jovem que traz dentro dele, naturalmente, o desejo de romper barreiras e quebrar tabus. Porém, essa subversão toda se concretizou após a dupla assumir publicamente um romance lésbico. Lena Katina e Julia Volkova causaram uma comoção imensurável.

Assim, em entrevista ao G1, Lena falou sobre essa época e ressaltou ainda que romance lésbico, mesmo sendo uma mentira, ajudou muita gente no processo de autoaceitação.

“Elas foram uma ajuda para tirar pessoas do armário e se aceitarem como são. Elas não queriam se sentir sozinhas. Ser gay não é uma doença, é outro jeito de viver. Não podemos escolher quem amamos. Amor é amor”, disse ela.


“O que importa é a história da música, os significados delas”, diz a cantora, hoje com 34 anos. “Essas músicas têm uma narrativa e as pessoas se relacionam a elas. E elas não estão datadas. O som é bem atual, ainda parecem as músicas lançadas hoje”, completa.