Lady Gaga pede desculpas após família de Zombie Boy afirmar que modelo não se matou

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Apesar da polícia ter informado ao site TMZ que o modelo Rick Genest, conhecido como Zombie Boy, pulou da sacada do seu apartamento do quarto andar, em Montreal, Canadá, na quinta-feira (02), a família do homem de 32 anos, acredita que tudo não passou de um acidente, e fez a cantora Lady Gaga pedir desculpas em seu perfil no Twitter por utilizar o termo “suicídio” ao lamentar a morte do rapaz que participou do clipe da sua música Born This Way.

Segundo o próprio portal especializado em celebridades, o empresário de Genest, Karim Leduc, contou que seu cliente costumava fumar em sua sacada, e se inclinava no parapeito. A família, então, acredita que ele pode ter se desequilibrado e caído. A falta de uma carta de despedida também derrubaria a hipótese de suicídio, argumentam os parentes.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

LEIA MAIS:

Empresa de tecnologia médica firma compromisso com Direitos LGBT

Dan Reynolds comemora sucesso de festival em prol da comunidade LGBT: “Mais necessário do que nunca”

Neste domingo (05), Gaga voltou as redes sociais para se retratar sobre a mensagem que publicou para lamentar a morte do modelo. “Em respeito à família de Rick, Rick e seu legado, eu peço desculpas se falei muito cedo, sendo que não havia testemunhas ou evidência para amparar qualquer conclusão sobre a causa de sua morte. De forma alguma minha intenção foi tirar uma conclusão injusta. Minhas profundas condolências à toda sua família e amigos”, escreveu a famosa que apagou o post anterior.

“A arte que fizemos é sagrada para mim e eu estava emocionada, ele foi um artista incrível e sua arte e coração continuarão vivos. Descanse em paz, bela alma”, concluiu a famosa. O laudo da morte de Rick ainda não foi finalizado.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio