Katy Perry, Leonardo DiCaprio e outros famosos pedem para que Biden não feche acordos com Bolsonaro

Carta reuniu assinaturas de 36 artistas em prol da preservação da Amazônia

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta terça-feira (20), um grupo de 36 artistas em prol da preservação da Amazônia, dentre norte-americanos e brasileiros, enviaram uma carta endereçada ao presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, solicitando que o governante não feche nenhum acordo com o presidente Jair Bolsonaro, do Brasil, antes que medidas reais da redução do desmatamento no país seja efetivada.

A carta foi assinada por cantores consagrados como Caetano Veloso, Katy Perry, Gilberto Gil, Roger Waters, Maria Gadú, Fernanda Abreu, Marisa Monte, além dos atores Leonardo DiCaprio, Mark Ruffalo, Sônia Braga, Orlando Bloom, entre outros.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Desde que Bolsonaro assumiu o cargo em janeiro de 2019, a legislação ambiental foi sistematicamente enfraquecida e as taxas de desmatamento triplicaram. As terras indígenas, que são as mais protegidas da Amazônia, foram invadidas, desmatadas e queimadas impunemente. Os direitos dos povos indígenas, guardiões da floresta, foram violados por Bolsonaro e seu governo”, diz um trecho da carta.

O documento surge após o presidente Jair Bolsonaro se comprometer a reduzir o desmatamento ilegal no país até 2030. Entretanto, os artistas discordam com o prazo, alegando que em nove anos, possa existir consequências irreversíveis ao meio ambiente no Brasil.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio