O rapper norte-americano Kanye West (FOTO: Reprodução)
O rapper norte-americano Kanye West (FOTO: Reprodução)

Mais de 10 anos após a realização do VMA 2009, onde o rapper americano Kanye West interrompeu o discurso de Taylor Swift após a cantora ganhar um dos prêmios, o marido de Kim Kardashian decidiu se pronunciar novamente sobre o momento mais polêmico da história da premiação, afirmando que apenas seguiu ordens de Deus.

Em entrevista ao canal de Nick Cannon, o músico afirma que foi tocado para interromper o discurso de Swift ao ganhar a categoria de “Melhor Clipe Feminino”.

“Se Deus não quisesse que eu corresse para o palco e dissesse que Beyoncé tinha o melhor vídeo, Ele não me teria colocado na primeira fila. Eu teria sentado nos fundos. Não teria sido a primeira premiação [que eu sentaria nos fundos]. E isso teria sido muito ridículo, essa ideia, porque eu nunca tinha ouvido falar dessa pessoa antes”, afirmou Kanye.


O rapper reafirmou sua opinião sobre o vídeo de “Single Ladies”, concorrente de Taylor na época, e afirmou que a premiação é uma grande armação. “Single Ladies’ é tipo um dos maiores vídeos de todos os tempos. E eu estava apenas tomando [conhaque] Hennesy, porque eu não queria ir para a premiação, porque era uma armação!”, completou.