Casa Nem
Casa Nem (Foto: Reprodução)

Conforme o Observatório G já reportou, o imóvel ocupado pelo grupo Casa Nem, em Copacabana, recebeu um mandado de reintegração de posse e, os moradores da ocupação iriam deixar o imóvel no dia 27 de julho, porém a medida foi adiada.

A justiça determinou então que o procedimento seja cumprido neste dia 24 de agosto. Na verdade, o adiamento se deu em decorrência da ausência de alguns órgãos essenciais, como o Conselho Tutelar. Hoje 47 pessoas vivem no local, o que inclui crianças.

Vale frisar que a prefeitura já está tentando viabilizar um novo lugar para acoplar essas pessoas em situação de vulnerabilidade, já que elas estavam ocupando um local que, segundo vizinhos, estava desocupado há mais de 10 anos.


 Em meio a uma crise socioeconômica no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus, precisamos garantir os direitos básicos para essas pessoas em situação de vulnerabilidade. A ordem precisa ser cumprida, mas não podemos largar essas pessoas nas ruas, é uma preocupação do poder público, da Igreja e da sociedade “, explica o coordenador Nélio Georgini.