Val Marchiori e Ludmila
Val Marchiori terá que pagar 30 mil reais de indenização à Ludmilla (Foto: Reprodução)Val Marchiori terá que pagar 30 mil reais de indenização à Ludmilla (Foto: Reprodução)

Parece que as coisas para a empresária Val Marchiori, não foram bem vistas pela Justiça, e a loira terá que colocar a mão no bolso. Depois de um comentário racista à Ludmila, durante os bastidores do carnaval na Rede TV, a famosa terá que desembolsar 30 mil reais.

Segundo o Põe na Roda, o processo foi tratado como danos morais. Em um momento desnecessário, a loira em 2016, enquanto Ludmila desfilava pela Salgueiro, afirmou que o cabelo da cantora parecia um bombril.

“FANTASIA ESTÁ BONITA, A MAQUIAGEM… AGORA, O CABELO… HELLO! ESSE CABELO DELA ESTÁ PARECENDO UM BOMBRIL, GENTE!”, disse Val Marchiori.


Na opinião da Juíza Françoise Picot Cully, o intuito de Val, foi ofender a honra de Ludmilla. “AO PONTUAR QUE O CABELO CRESPO VISUALIZADO NO VÍDEO PARECIA COM ‘BOMBRIL’, A PRIMEIRA RÉ DESQUALIFICOU UM TRAÇO TÍPICO DA RAÇA NEGRA, E OFENDEU A HONRA SUBJETIVA DA AUTORA. NO CENÁRIO INDICADO, CONCLUI-SE QUE ESTÃO REUNIDOS OS ELEMENTOS DETERMINANTES DA FORMAÇÃO DO DEVER DE INDENIZAR”, falou ela.

A magistrada ainda continuou:” Primeira RÉ TUAR COMO COMENTARISTA DE CARNAVAL EM REDE ABERTA DE TELEVISÃO, COLOCOU-SE A TECER COMENTÁRIOS PEJORATIVOS, DE CUNHO RACISTA, AO COMPARAR O CABELO DA AUTORA COM A PALHA DE AÇO CONHECIDA PELA MARCA BOMBRIL. NESTE PONTO, É NOTÓRIO QUE SÃO AS PESSOAS DE PELE NEGRA, MAJORITARIAMENTE, QUE APRESENTAM CABELOS ‘ARMADOS’ E VOLUMOSOS, COMO UMA DE SUAS CARACTERÍSTICAS PECULIARES, IDENTIFICADORAS DA RAÇA. AO PONTUAR QUE O CABELO CRESPO VISUALIZADO NO VÍDEO PARECIA COM BOMBRIL, A PRIMEIRA RÉ DESQUALIFICOU UM TRAÇO TÍPICO DA RAÇA NEGRA, E OFENDEU A HONRA SUBJETIVA DA AUTORA”, concluiu ela


Com o valor definido em 30 mil reais, a advogado da socialite, Katia Antunes, afirmou ao G1, que irá recorrer, e almeja esclarecer toda “má interpretação.”