Stop-motion by Amy Begent
Stop-motion by Amy Begent - imagem reprodução

Amy Begent é uma jovem bissexual estudante de Belas Artes do último ano da Universidade de Loughborough. Como parte de seus estudos do último ano, Amy Begent criou uma adorável animação em stop-motion, intitulada Spud, sobre o apoio de seu pai à bissexualidade.

O título da animação (veja outra aqui sobre filho trans) vem de um apelido que o pai de Amy deu a ela quando ela era mais jovem. O plano inicial da jovem bissexual era criar um projeto sobre sua identidade, no entanto, ela percebeu que boa parte de sua autoaceitação vinha do apoio que recebera do pai.

A animação mostra as principais partes do relacionamento de Amy e seu pai, como seu apoio a ela durante um distúrbio alimentar, ele sendo sua inspiração para entrar na arte e como ela se assumiu para ele colocando uma nota de arco-íris em seu guarda-roupa.


Explicando o trabalho, Amy escreveu: “Após uma auto-reflexão recente, aprendi que minha própria sexualidade não se limita a atos diretos relacionados a ela, mas sim que isso envolve toda a minha experiência vivida.

“Desde que cheguei a essa conclusão, meu trabalho se tornou uma exploração do passado em que meu relacionamento com meu pai é significativo. Extraio momentos importantes, da memória pessoal de me assumir para ele, às lembranças mais relacionadas de passeios de bicicleta e piqueniques”.

Em sua apresentação na Universidade de Loughborough sobre o projeto, ela disse: “Compartilhar algo tão pessoal é realmente assustador e é como sair novamente. É assustador, mas é libertador. Eu diria às pessoas que estão pensando em se assumir ou têm medo de que é muito importante fazê-lo quando estiver pronto”. Assista e se emocione: