Jogador de time LGBT de rúgbi é encontrado morto em Buenos Aires

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O jogador Alan Joel Calabrese, de 22 anos, foi encontrado morto em sua casa em Buenos Aires, na Argentina. Ele era atleta de rúgbi e jogava na equipe de Ciervos Pampa, clube LGBTQ+ deste. O clube, desde 2012, trabalha com a missão de dar visibilidade à diversidade no rúgbi e tornar livre o esporte para a comunidade.

Em uma postagem na rede social no perfil oficial do atleta, surge a hipótese de um suicídio, uma vez que Alan deixou um post de despedida em seu Instagram, como forma de carta para as pessoas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Gostaria que sempre se lembrassem de mim com este sorriso. Esse sorriso era o que escondia todo o sofrimento que eu vinha sentindo por dentro. Eu sempre sorria, mas por dentro estava sofrendo de uma depressão tremenda havia meses. Eu fazia a melhor cara sempre porque não queria desistir, mas lamentavelmente hoje não aguentei e decidi me apagar, fechar os olhos e dizer adeus! A todas as pessoas que sempre estiveram comigo nos bons e maus momentos, eu quero dizer obrigado. Mas eu precisava me apagar e peço perdão por fazer desta forma, mas o meu caminho terminou aqui. Eu amo vocês para sempre“, escreveu.

Segundo o portal Infobae, no último domingo, antes das 5 horas da manhã, a polícia recebeu um chamado do pai de Alan, informando sobre o ocorrido com seu filho. Ainda de acordo com a divulgação, Karen, irmã de Alan, respondeu um comentário confirmando a morte do jogador. “Meu irmão se foi. É muito triste, não conseguimos ver que ele estava tão mal para chegar a esse ponto. É muita dor, muita impotência“, afirmou Karen.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio