Internado em estado grave, Paulo Gustavo não tem mais hemorragias, segundo equipe médica

Ator e humorista está internado com quadro grave de Covid-19 desde o dia 13 de março

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator Paulo Gustavo, de 42 anos, que está internado com quadro grave de Covid-19 desde o dia 13 de março, em um hospital na Zona Sul do Rio, apresentou sinais de melhora em sua recuperação. Nesta quinta-feira (15), a equipe médica do humorista informou em em boletim médico, que não há mais sinais de hemorragia.

Finalmente conseguimos sanar as fístulas bronco-pleurais identificadas. Nas últimas 48 horas também observamos a normalização da coagulação com o tratamento instituído e não mais detectamos sinais de hemorragias. A situação clínica do paciente, embora ainda crítica, traz à equipe profissional mais confiança em sua recuperação“, diz o texto, assinado pelo corpo médico do ator.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Boletim médico:

A situação clínica do paciente, embora ainda crítica, traz à equipe profissional mais confiança em sua recuperação. Estamos cientes de que ainda temos um caminho pela frente. A dedicação e a experiência dos médicos e demais profissionais do hospital tem proporcionado o melhor tratamento ao paciente, seguindo o que há de mais atual conforme os principais centros hospitalares internacionais. O paciente permanece utilizando ventilação mecânica e ECMO“.

Internação:

Mesmo com as informações de melhora, o intérprete de Dona Hermínia permanece internado em estado grave há mais de um mês. Seu marido, Thales Bretas, compartilhou na última quarta-feira (14), um texto emocionante sobre o ator. “Paulo Gustavo é gigante, ele conseguiu o que até agora ninguém tinha conseguido em um ano de caos e desastres, o sentimento de coletividade. Todos juntos, sentindo e unidos em uma só causa, sua cura e recuperação. Paulo Gustavo é a prova do que é a força do amor. Do que é a força do vínculo, do laço familiar que ultrapassa a razão, a medicina, a ciência. Paulo Gustavo é a prova que o cuidado é tudo que temos e podemos fazer ao outro. As manifestações de carinho e afeto, das mais diversas, nas mídias, nas falas no consultório, nos bate-papos entre pessoas, me fazem acreditar que existem pessoas que vem a esse mundo com uma missão de ensinar sobre a vida, sobre as dificuldades, sobre as relações, sobre ser humano. E ele sem dúvidas, é um desses. Talvez ele nem saiba ainda, mas o que ele causou e causa no povo brasileiro, é de arrepiar”, disse no começo do texto.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio