Influenciadora Vitória Guarizo se manifesta sobre proibição de campanhas publicitárias com pessoas LGBTI+

A deputada estadual Marta Costa, do PSD, quer proibir publicidades realizadas no Estado de São Paulo que contenha “diversidade sexual”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A influenciadora e empresária Vitória Guarizo usou o seu espaço no Instagram para explicitar o seu total repúdio à proposta da PL 504/20. A deputada estadual Marta Costa, do PSD, quer proibir publicidades realizadas no Estado de São Paulo que contenha “diversidade sexual” por considerar danosa à criança. 

“Cara deputada estadual Marta Costa (PSD), @depmartacosta, você afirma que tais propagandas com pessoas LGBTQI+ trariam “desconforto emocional a inúmeras famílias” e que mostram “práticas danosas” às crianças. Eu, como mulher transexual, que fui lançada por meio de um projeto lindo chamado Criança Esperança. Isso é censura. Essa sua proibição não vai “evitar a inadequada influência na formação de jovens e crianças”, vai causar traumas em pessoas que querem se aceitar e serem livres de julgamentos ofensivos como o teu modo de pensar e agir”, começou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Você está ferindo a Constituição em pelo menos três pontos:
* viola o artigo 220, que defende que “a manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição”;
* usa o termo “preferência sexual”, que é incorreto, para se referir à “orientação sexual”, e
* pretende legislar sobre publicidade e propaganda, o que é de competência exclusiva da União”
, disse.

Por meio de uma live com a advogada cujo nome no Instagram é Fêh Oliveir, Vitória debateu sobre o tema, e expôs como isso irá prejudicar a luta da comunidade LGBT+ por igualdade.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio