Honduras aprova emenda constitucional que impede casamento gay

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Honduras aprovou, nesta quinta-feira (21), uma emenda cujo intento é impedir a união entre pessoas do mesmo sexo e o aborto no país. O número de votos a favor foram majorados para que o matrimônio possa ser legitimado.

“A legislação estabelece o que chamamos de bloqueio constitucional para impedir a legalização do aborto em Honduras nos próximos anos”, destacou Mario Pérez, deputado oficial e vice-presidente do Congresso.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 2018, o parlamento de Honduras aprovou a proibição da adoção de crianças por casais gays no país, considerado um dos mais pobres da América Latina. 

A maioria dos votantes entendeu que a proposta iria na contramão à Constituição vigente do País, que reconhece apenas o casamento entre homem e mulher. “Esta nova lei não pode estar acima do que estabelece a Constituição da República”, afirmou ela.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio