Homofóbico toma posse como Procurador Geral dos Estados Unidos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Por 52 votos a favor e 47 contra, Jeff Sessions toma posse como Procurador Geral dos Estados Unidos. Controverso por suas posições sobre direitos civis, quando senador do Alabama, Jeff se opôs a retirada do “Don’t ask, don’t tell” (não pergunte, não diga), medida que forçava LGBTs esconder sua condição para continuar servindo nas forças armadas, e também foi contra o casamento igualitário e a leis de proteção aos LGBTs. Além de ter um histórico de racismo.

Segundo o site PinkNews, pela primeira vez na história da câmara, um senador testemunhou contra a indicação de um Procurador. O senador Cory Brooker (do estado de Nova Jersey) disse: “Não é leviana a decisão de testemunhar contra o colega Senador, mas os imensos poderes de um Procurador Geral combinados com as visões profundamente preocupantes deste indicado é um alerta para o nosso juízo”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Elizabeth Warren, Senadora Democrata pelo estado de Massachusetts, foi silenciada na terça feira por ter lido uma carta que atacava a Sessions em suas visões sobre os direitos civis.

Após a votação, Sessions tentou apaziguar dizendo que espera que as controvérsias cercando sua candidatura diminuam com um debate civil sobre as acusações levantadas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio