Karol Eller e Jair Bolsonaro
Karol Eller e Jair Bolsonaro (Reprodução/Instagram)

A youtuber Karol Eller sofreu homofobia. A jovem estava na Barra da Tijuca com a namorada no momento da agressão, e a policia investiga o caso. Segundo o G1, a namorada de Karol, que é da policia civil, disse que um dos homens estava fazendo provocações e depois começou a empurrá-la e desferir golpes.

O caso foi registrado na 16ª DP na Barra da Tijuca. Os dois suspeitos negam as acusações e contam uma versão diferente dos fatos. Ambos contam que ficaram apreensivos aos notar que a influencer possuía uma arma na cintura e que aparentava estar alterada. Confirmaram que a agressão começou após Keller dar o primeiro soco.

A policia já requisitou o exame de corpo de delito e aguarda a análise das imagens da câmera de segurança do local. A youtuber conta com mais de 79 mil seguidores em seu canal e declara abertamente seu apoio ao atual presidente, Jair Bolsonaro.


Segundo a Época, “trata-se de um caso típico de homofobia, sem ligação com a militância da vítima. De acordo com os depoimentos, os agressores chamavam a Karol o tempo todo de sapatão e demonstravam claramente preconceito. Já requisitamos os exames de corpo de delito de todos os envolvidos e vamos fazer diligências para localizarmos câmeras que possam ter flagrado a confusão e possíveis testemunhas do fato”, explicou a delegada Adriana Belém, titular da 16ª DP.