Homem é preso por estuprar lésbica de 17 anos para ‘curar’ sexualidade da vítima

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na última sexta-feira (15), um homem de 52 anos foi detido na zona rural de Elói Mendes, no Sul de Minas Gerais, acusado de estuprar uma jovem lésbica de 17 anos com o objetivo de ‘curar’ a sua sexualidade. A informação foi divulgada pelo Estado de Minas.

De acordo com a investigação, o suspeito, que é amigo da família, convidou a adolescente para um passeio de bicicleta na estrada da região. Após chegarem a um local sem movimentação, o homem teria agarrado a vítima e consumido o ato sexual. Ainda segundo o jornal, o homem teria proferido ofensas homofóbicas durante o crime.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O delegado Jorge Bruno Barbosa da Silva pediu a prisão temporária do suspeito. “Ficou evidenciado que o homem havia praticado o estupro com a motivação de corrigir a vítima em razão de sua orientação sexual, e, ainda, que ele estaria assediando familiares para dissuadir a adolescente da ideia de levar o caso adiante na polícia“, disse Jorge.

O homem acusado pelo crime foi enquadrado na categoria de estupro corretivo, que passou a integrar o Código Penal em 2018, com a promulgação da Lei 13.718.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio