HIV e COVID | CORRE Coletivo Cênico estreia 10 de abril espetáculo teatral episódico PARA-ISO

Em 08 episódios singulares, a narrativa propõe uma reflexão sobre o modo como o HIV e o Covid têm atingido os corpos gays

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Com estreia virtual, CORRE Coletivo Cênico traz à tona a partir do dia 10 de abril o PARA-ISO, espetáculo teatral dividido em oito episódios disponíveis pelo youtube do CORRE (https://youtube.com/channel/UChxaYE9UEZTTlqaLVK3_7Hg), um por dia.

A peça imerge em questões como HIV e Covid-19, e propõe uma reflexão pertinente sobre como as duas doenças têm atingido os corpos gays. Além do mais, ainda hoje o HIV é estigmatizado e visto como uma doença cuja propensão afeta mais os gays, sendo anteriormente categorizada como “peste gay” e “câncer gay”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Nos baseamos nesses marcadores para entender o vírus social que afeta e mata muito mais. É importante mudar o foco do olhar, perceber os preconceitos estabelecidos e como podemos quebrá-los, usando as estratégias desse tempo, mas sempre se inspirando nas narrativas deixadas por aqueles e aquelas que vieram antes de nós”, reforça Marcus Lobo, co-diretor do espetáculo.

Pensando nesse alargamento de alcance, o CORRE escolheu tratar dessa correlação de sorologias. O debate precisa acontecer por que HIV e SAS-CoV-2 são apenas vírus e, como tais, não escolhem as pessoas que contaminarão por sexo, gênero, raça, idade, origem ou quaisquer outras categorias sociais, eles contaminam!. Saber lidar com ambos, sem estigmatizar corpos, é a grande questão, explica Luiz Antônio.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio