Cantora Halsey (Foto:Divulgação)
Cantora Halsey (Foto:Divulgação)

A cantora Halsey revelou em uma série de publicações no Twitter neste último domingo (31), que acabou sendo alvejada com uma bala de borracha durante os protestos anti-racista, nos EUA.

“Eu não fui presa. Estou bem. Tive que levar para lugares seguros (…). Eu e mais outros dos meus colegas foram baleados + gaseados e antagonizados. A linha de frente estava calma e não provocou. Mas muitos de não estão seguros e estão em custódia”, iniciou a artista.

Halsey afirmou que viveu de perto a violência policial ocorrida nos protestos. A artista ainda comentou que, mesmo sinalizando estar de forma pacífica no local, foi recebida com tiros.


“[A polícia] disparou balas de borracha contra nós. Nós não violamos a linha. As mãos estavam levantadas. Imóvel. E eles gasearam e atiraram ”, postou Halsey com fotos da manifestação.

A cantora, que esteve no Brasil no último ano, ainda acrescentou: “Isso me atingiu através de camadas de tecido e, por isso, sou extremamente privilegiada. De perto, causaria ferimentos graves”.