Leandro Narloch
Leandro Narloch (Foto: Reprodução)

As coisas estão se apertando ao jornalista e comentarista, Leandro Narloch, que foi demitido da CNN Brasil, há menos de uma semana, após ter sido preconceituoso e completamente ignorante, ao vivo, com declarações sem fundamentos.

Desta vez, segundo o Guia Gay, o Governo do Estado de São Paulo, abriu uma denúncia de homofobia, contra o comunicador, que assimilou o vírus HIV à promiscuidade, supostamente cometida pelos homossexuais. Além de usar o temo de “opção sexual.”

O órgão abriu o processo por iniciativa própria, já que a emissora CNNN Brasil, também pode responder pela penalidade, feita pelo jornalista. Vale lembrar, que após toda repercussão, Leandro pelo Twitter, afirmou que não é homofóbico.


“Lamento pelo motivo. Não sou nem fui homofóbico, tenho horror a homofobia e concordei explicitamente com a doação de sangue por homossexuais”, escreveu o famoso, que foi detonado pelos internautas, após o tweet.