Bandeira LGBT sangrando
Bandeira LGBT sangrando (FOTO: Divulgação)

Na noite da última sexta-feira (18), uma garota de programa transexual foi assassinada em Cruz das Almas, em Maceió. De acordo com as investigações da Polícia Civil, o suspeito do crime é um cliente que se recusou a pagar pelo serviço e foi pego em flagrante. Na polícia, ela vai responder por crime de homicídio.

De acordo com as informações do portal G1, a vítima foi identificada como Alissia Rodriguez, de 20 anos. Ainda segundo as informações, o crime foi realizado no apartamento dela, perto da Praça Ganga Zumba. Durante a fuga, o criminoso entrou no quarto de uma colega da vítima, que conseguiu colocar o homem para fora do apartamento sem roupa.

Mesmo com a fuga, os agentes Ronda do Bairro conseguiram prender o suspeito e o levaram para a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Lá, ele prestou depoimento sobre a relação com a vítima.


Os institutos de Criminalística (IC) e Médico Legal (IML) foram ao local e fizeram a perícia e recolheram o corpo da vítima. Segundo as investigações, a vítima foi asfixiada pelo cliente após ter pegado o celular dele como garantia do pagamento por ele se recusar a pagar pelo serviço.