(EternamenteSOU)

Como todos sabem, idosos LGBTs têm as suas especificidades que precisam ser devidamente tratadas. Desse modo, a ONG EternamenteSOU, que intenta promover a socialização de pessoas idosas LGBT, inaugura no próximo sábado (29), a partir das 15h, em Florianópolis, seu primeiro centro de convivência no Sul do Brasil.

Inaugurada em 2017 na cidade de São Paulo (SP), a organização sem fins lucrativos é pioneira em promover a socialização deste grupo etário invisibilizado, por meio de atividades elaboradas por uma equipe técnica e voluntária.

Por conta da pandemia do novo coronavírus (COVID19), a abertura será realizada pela internet. As inscrições deverão ser realizadas através das redes sociais da ONG no Facebook (@eternamentesou.sc) e Instagram (@eternamentesou.sc).


 “O preconceito ainda é muito grande, especialmente quando tratamos da velhice de gays, lésbicas, travestis e transsexuais. É possível construir uma nova perspectiva para esse grupo, com ações afirmativas de inclusão e políticas públicas bem direcionadas”, afirma Celso Rabetti, coordenador do centro em Florianópolis.

EternamenteSOU