Filhos de Michael Jackson buscam encontrar “podres” de homens que acusam pai de abuso sexual em documentário

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os filhos de Michael Jackson contrataram detetives para investigar a vida dos protagonistas do documentário Leaving Neverland. Paris, Prince e Blanket Jackson pretendem encontrar algum podre dos homens que acusam o pai de abuso sexual.

Segundo o New York Post, os herdeiros do Rei do Pop também esperam encontrar inconsistências nos depoimentos dos dois. Wade Robson e James Safechuck relataram ter sido obrigados a fazer sexo com o astro quando eram crianças e frequentavam o rancho.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O diretor do filme Dan Reed nega que os entrevistados tenham sido remunerados para participar do longa-metragem. Entretanto, os filhos de Jackson insistem que as afirmações feitas contra o seu pai não condizem com a verdade.

A família do astro planeja ainda entrar com um processo contra os protagonistas e produtores da obra. Caso vençam, Paris, Prince e Blanket não querem nenhuma recompensa em dinheiro, e sim, que eles apenas se retratem. Qualquer valor que a Justiça estipule como indenização, o processo seja julgado e os dois derrotados, os filhos de Jackson tem intenção de doar para caridade.

À publicação, representantes da família Jackson não confirmaram o processo, mas alegaram que os jovens só querem preservar o legado do pai. “Os três acreditam que o ‘documentário’ é parcial e que os dois homens fazem declarações falsas. Eles querem respostas”, diz uma nota divulgada à reportagem.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio