Ludmilla (Reprodução/Instagram)
Ludmilla (Reprodução/Instagram)

Uma das atrações do Carnaval do Rio nesta terça-feira (25), a cantora Ludmilla levou uma legião de fãs para curtir, pela primeira vez, o bloco Fervo da Lud pelas ruas do Rio de Janeiro.

Primeiro carnaval como uma mulher casada, a artista conversou com a coluna Léo Dias sobre representatividade LGBT. Conforme Lud, ela tem se sentido muito acolhida pelas pessoas desde que revelou sua sexualidade.

“Acho que a diversidade em si acontece até quando estou apenas ali parada com a minha esposa. Isso já representa muito”, disse a cantora de Pulando na Pipoca, após ser parada por muitos casais héteros.


“Falaram que não tinham essa receptividade [na Sapucaí] com casais gays até conhecerem a gente, e que [nosso casamento] mudou a visão deles. Eu fico muito muito feliz, porque eu não sou muito boa com palavras e ‘textões’, eu sou mais com atitude mesmo, de chegar, fazer, estar, de fazer acontecer, e assim que eu vou tratando a diversidade. Tenho me sentido acolhida, é muito maravilhoso isso”, completou.