jussie-smollett-good-morning-america
O ator Jussie Smollett (Foto: Reprodução)

Se você não se recorda do caso, aqui vai alguns refresos. O ator Jussie Smollet, 37, que é negro e gay, causou um imbróglio ao dizer à polícia, no dia 29 de janeiro de 2019, que dois eleitores de Donald Trump o agrediram e o ofenderam com palavras racistas e homofóbicas. Segundo o ator de “Empire”, os homens colocaram uma corda em seu pescoço e jogaram água sanitária nele enquanto o agrediam numa rua de Chicago.

As novas acusações foram anunciadas pelo novo promotor do caso, Dan K. Webb, escolhido após um juiz decidir que a promotora anterior, Kim Foxx, não tinha resolvido o caso de maneira satisfatória

A decisão anterior ocorreu em março de 2019, quando a promotoria de Chicago decidiu retirar as 16 acusações contra o ator, mas não deu explicações sobre a sentença. “Depois de analisar todos os fatos e circunstâncias do caso, acreditamos que este resultado é uma disposição justa e uma resolução apropriada para este caso”, afirmou o gabinete da promotoria do Condado de Cook na época.


Depois de semanas de investigação, a polícia de Chicago determinou que Jussie Smollett armou o ataque porque ele estava insatisfeito com seu salário na série “Empire”.

O ator fora acusado em fevereiro de 2019 por apresentar um falso relatório policial, mas os promotores do Gabinete do Procurador do Condado de Cook retiraram todas as acusações contra ele em março.