Elton John
Elton John (Foto: Divulgação)

Desde que estreou, a cinebiografia de Elton John fora comparada ao longa “Bohemian Rhapsody” sobre a vida de Freddie Mercury, e alguns motivos são até plausíveis. Além de ambos contarem a história de ícones LGBTQ+ do rock e do pop, as obras foram dirigidas pelo mesmo diretor, o consagrado Dexter Fletcher.

A revista Variety quis saber do próprio Sir Elton John, o que ele pensava a respeito disso. A resposta foi a seguinte:

“O nosso conta a verdade – mesmo que seja uma fantasia. Minha vida não pode ser coberta de açúcar, eu não queria que fosse”.

A declaração foi vista como uma alfinetada em virtude de falhas temporais e de representação de determinadas passagens da vida de Freddie Mercury, como sua luta contra a AIDS, e a falta de cenas de seus relacionamentos homossexuais.


Não viu ainda a performance de Elton no último Oscars

Assista: