Ex-bbb Mahmoud sofre homofobia e faz B.O na polícia: “estou me sentindo tão mal”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ex-participante do Big Brother Brasil 18 Mahmoud Baydoun, foi a delegacia nesta quarta-feira (4), para denunciar as inúmeras mensagens de homofóbicas que tem recebido nas redes sociais.

Os ataques homofóbicos direcionados ao ex-bbb se iniciaram após ele divulgar publicamente o curso sobre sexo. “Transformaram a publicação num palco para disseminação de ódio e ataques homofóbicos gratuitos”, disse o sexólogo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“A equipe com qual trabalho me aconselhou a não dar atenção aos haters e focar no meu trabalho. Mas não tem como simplesmente fingir demência e seguir a vida quando se trata de ataques homofóbicos. Eu estou me sentindo tão mal, minha vontade hoje era me enfiar num buraco e me esconder de todo mundo”, comentou.

“Parece que não tem luz no final do túnel quando se trata de preconceito e homofobia. Eu detesto me vitimizar, mas hoje lembrei de todas as piadinhas sem graça, todo o bullying, todas as frustrações que passei como um adolescente viado”, acrescentou.

Conforme Mahmoud, ele tirou print de todos os ataques e até chegou a retuitar as mensagens de ódio que acabou recebendo nos últimos dias. No entanto, algumas delas já foram apagadas.

“Em breve, serei chamado para inquérito para apresentar versões impressas dos comentários. A partir deste ano, a homofobia passou a ser considerada um crime igual ao racismo. Então, se você for vítima de qualquer tipo de ataque, não se cale”, alertou.

Nas redes sociais a atitude do ex-bbb não tem sido muito bem vista pela comunidade. Muitos internautas alegam que Mahmoud exagerou e que os comentários não passavam de meme, uma brincadeira.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio