Matheus-Mazzafera
Matheus Mazzafera (FOTO: Reprodução/Instagram)

Um dos youtubers mais famosos do Brasil, Matheus Mazzafera desabafou sobre casos de homofobia que tem sofrido por parte da plataforma. O relato ocorreu durante uma entrevista ao jornalista Leo Dias, do site Uol.

“Minha relação com o YouTube era boa, mas está se tornando difícil […] Desde que abri meu canal, sofro homofobia velada e, às vezes, escancarada pela plataforma do YouTube. Não recebo deles o apoio que meus amigos héteros recebem. Meus vídeos monetizam menos e tenho problemas constantes quando tem outro gay, além de mim no vídeo”, revelou.

Em outro momento, Matheus lembra de um episódio que ocorreu com Pabllo Vittar e com a plataforma. Segundo ele, na época em que entrevistou a artista, o vídeo foi denominado como impróprio para menores.


“Lembro que há dois anos, antes de a Pabllo Vittar estourar, fiz um vídeo com ela, e ele ficou bloqueado por uns dois dias, porque a máquina do YouTube entendeu como impróprio, por ter a figura de uma drag”, disse.

Além disso, conforme o influenciador, que costuma arrancar revelações chocantes de celebridades brasileiras em seus vídeos, o Youtube tem um esquema de monetização que privilegia conteúdos que são voltados para o público hétero sexual.

“Tenho vários vídeos de desafios de casais no canal, que monetizam, mas tenho um com um casal gay, que é desmonetizado. Por qual motivo? Sofro homofobia pela plataforma do YouTube diariamente. Se eu fosse um homem hétero teria privilégios”, finalizou.

Procurado pela publicação para responder as acusações do influenciador, o Youtube disse que é contra qualquer tipo de preconceito e afirma que a plataforma não faz nenhum tipo de censura em conteúdos LGBTs.

Além disso, a empresa afirma que sempre busca apoiar publicamente a comunidade LGBTQIA+. Como justificativa, a plataforma citou que neste ano fez a transmissão ao vivo da Parada LGBT de São Paulo.