Evandro Santo
O humorista Evandro Santo (Foto: Reprodução)

Em conversa com outros participantes do reality show da Record ‘A Fazenda‘, Evandro Santo revela como era sua relação com gays na infância. O humorista contou, no sábado (1), que quando encontrava algum homem gay na rua, fazia questão de atravessar, fugia.

“Quando eu tinha 10, 11 anos, quando eu via gay, bicha na rua, eu atravessava a rua com medo. Falava: ‘Não quero ser isso não’. Eu via na rua e atravessava”, revelou o comediante. “Sempre ouvi isso: ‘Esse menino tem um jeitinho estranho’. Jeitinho estranho, ouvi isso a vida inteira”, desabafou o ex-integrante do Programa Pânico na TV.

Ainda na conversa, Evandro conta como tentava reprimir seus comportamentos, para então se aceitar. “Eu ficava quatro dias falando grosso, tentando jogar futebol, fazendo umas coisas que não davam muito certo para o meu lado”, falou.


Leia mais:

Artista alemão encontra centenas de fotos de soldados nazistas vestidos de mulher

Ariadna posa nua em banho de banheira e agita rede social

Ao mesmo tempo, Evandro conta que o cenário mudou. “Engraçado que essas bichas que eu corria delas, que eram os cabeleireiros da cidade, se montavam de mulher e faziam shows na boate à noite, teve uma época que eu morei com eles”.